segunda-feira, 6 de agosto de 2007

FOI HÁ 62 ANOS, ESPEREMOS QUE NUNCA SE REPITA

6 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Grata por esta LEMBRANÇA, papagueno!!!!

Assim a Humanidade não esqueça!!!!

BJks

RIC disse...

Talvez tenha sido este o primeiro passo para a tragédia americana... Que ainda só vai no «primeiro acto»...

Papoila disse...

Pensem nas crianças mudas telepáticas
Pensem nas meninas cegas inexactas,
Pensem nas mulheres rotas alteradas,
Pensem nas feridas como rosas cálidas,
Mas não se esqueçam da rosa da rosa,
Da rosa de Hiroxima a rosa hereditária,
A rosa radioactiva estúpida e inválida,
A rosa com cirrose a anti-rosa atómica,
Sem cor nem perfume sem rosa sem nada.

Rosa de Hiroxima
Vinícius de Morais

Beijos
BF

papagueno disse...

Olá Avelaneira.
É mesmo para lembrar de modo a que nunca nos esqueçamos.
Beijinho

papagueno disse...

Ricardo.
O que a história nos ensina é que todos os impérios têm um fim. O império americano já está em decadência há muito tempo.
Um abraço

papagueno disse...

Papoila, que bom lembrar Vinícius num dos seus grandes poemas. Já ouvi várias versões mas nada como a voz do Ney para o interpretar. Beijinho.