sábado, 25 de agosto de 2007

ÁFRICA ESCULTURAL



África
da nudez plangente
dos braços nus dos embondeiros, silhuetando na noite
áfrica
a contemplar embevecida a imensidão dos oceanos
na lembrança trágica dos filhos deportados
áfrica
dos homens bêbados
arrastando os pés descalços
na terra sequiosa de vida
da mulher nua que se entrega para se achar
das barrigas dos meninos
barrigudos de fome
áfrica
do ritmo quente
do batuque e da farra
perdidos na noite
do canto triste dos poetas
dos seus poemas
escritos com sangue e suor de gente

acredito em ti
como a áfrica escultural dos homens
esculpindo a vida
na pedra da vida

Domingos Florentino

10 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Sente-se aqui AFRICA!!!!!
As palavras não são necessárias...

Um BOM DIA PARA TI, Papagueno!!!
Bjks

wind disse...

Poema real e cru da descrição de África.
Tive de desligar a música senão a lagrimita teimava em cair.lol:)
beijos

Maria Faia disse...

Amigo Papagueno,

Transportaste-me para bem longe daqui, para aquelas terras africanas que moram em meu coração, para as gentes humildes, verdadeiras e sinceras, despidas do preconceito e malvadez ignóbil que governa este nosso mundo.
Dei por mim deitada debaixo do embondeiro, mimada pelo doce brilho e calor de um luar de sonho, pela intensa luz estrelar de um céu límpido, como límpidas são as vozes e cantares que se ouvem lá longe...
Ah meu amigo, ainda oiço e sinto na alma o som dos batuques frenéticos e acolho em meu sentir as danças que também dancei bêbedas de paz, alegria e vida.
Branca é minha pele e raça mas, negro é meu sentir e pulsar de vida, de que a guerra construída por "senhores" interesses me arrancou à força de medo e morte.

Um beijo de bom fim de semana.

Papoila disse...

TU, que elegi como o Homem das causas encobertas! Isto porque vais descobrir coisas que nem nos passa pela cabeça.... Com este post fizeste-me lembrar uma música:

"Eu gostava de ir um dia
África...
Terra de onde veio toda a música
Terra de onde o sol enxuga o pranto
E a dor se transforma em canto...
Oh... Irmã África"

Acho que Rui veloso

és sempre uma surpresa

Beijinhos
BF

Sophiamar disse...

Um poema sublime para um continente sublime.
Lindo.
Beijinhos

Flash disse...

Quando aqui venho (todos os dias) tenho sempre vontade de comentar, mas raramente o faço. Isto é só porque neste blog sinto-me repetitivo. De cada vez que comento só me apetece dizer uma coisa: LINDO!!!

Como estas palavras, esta música e esta imagem. LINDOS!!!

Mas cheguei a uma conclusão sobre este meu comportamento:
A culpa é tua Papagueno!

Abraço

Ludovicus Rex disse...

Peace and Love, Imagine...
Um Abraço

papagueno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
papagueno disse...

Meus amigos, Fico muito feliz por conseguir despertar emoções tão boas em todos vocês. No entanto o meu único mérito é escolher as palavras, imagens e músicas de outros. O talento é todo dos poetas, fotógrafos ou artistas que por aqui passam.
Um abraço a todos.

João Filipe Ferreira disse...

eu e pedro lopes do site www.luso-poemas.net estamos a pensar fazer uma antologia 100 autores, 100 poemas pela ecopy. Neste projecto cada autor participa com 1 texto. O unico custo que terá é comprar 1 livro, ou seja terá o preço de 12 euros. é um livro que pode estar em qlq loja que qualquer autor arranje para além das muitas lojas onde está presente, pensei em o convidar, se quiser será um prazer:)
resp tb para pedro_lopes777@hotmail.com

grande abraço