quarta-feira, 1 de agosto de 2007

REMEDIOS VARO, UMA MULHER SURREALISTA

Creacion de las Aves, 1959

Bordando el Manto Terrestre, 1961

Hacia la Torre, 1961

Rio Orinoco 1959

Remedios Varo (1908-1963)

7 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Papagueno!!!!

Ganhaste-me!!!!!!
Mas agora vou atrás da pista....

Entretanto parece que vai haver uma Exposição de 200 quadros de DALÌ no Porto durante os próximos tempos...
Bjks

papagueno disse...

Dalí no Porto?
Obrigado pela notícia Avelaneira, vou ter que investigar.

Anônimo disse...

Sei que corro o risco de ser repetitiva mas vir a este bairro é sempre "chegar a casa" e respirar familiaridade e ternura. O mérito é todo seu. Quanto a Dali, a inauguração foi ontem no Palácio doFreixo e a exposição estará por cá até inícios de Novembro. Bem, não estamos no "quadro" sópela pronúncia ou pelas tripas ;)

Sorrisos
Ana

Antonio Delgado disse...

são maravilhosos este quadros da Remedios. Sempre fui um fan do surrealismo e antes dele do dadaismo pelo que representou em termos pictoricos filosoficos e posteriormente em termos politicos. Este surrealismo toca o realismo fantastico tão em voga agara com a moda do Harry Potter e as realidades virtuais derivadas do ciberespaço...mas prefiro uma boa pintura como no casa da remedios.

um abraço

Mário Margaride disse...

Belas obras!

Quadros lindíssimos...

Um abraço

pinguim disse...

Caro amigo
tive conhecimento do seu blog em dois blogs de referência para ambos, os de Luís Galego e do Ric (súbitamente encerrado) e resolvi espreitar.
Em boa hora o fiz, pois apreciei muito o conteúdo e a forma de o expôr.
Vou voltar, com certeza.
Um abraço.

RIC disse...

… Pois é, o blogue pode estar temporariamente encerrado, mas eu não estou!
Se falamos em surrealismo, então também temos de falar de um surrealismo «tardo-medieval» ou pré-renascentista, na sequência do que de melhor nos deu Jeroen van Aken, aliás Jerónimo Bosch, porque nasceu em 's-Hertogenbosch/Den Bosch/Bois-le-Duc (saber Neerlandês, às vezes, dá jeito…). E ao olhar para estes quadros (mais uma belíssima surpresa para mim!), não posso deixar de me lembrar da «Tentação de Santo Antão» ou do «Jardim das Delícias».
Grande pintora! Obra fabulosa!
Abraço! :-)