quarta-feira, 23 de maio de 2007

RELATÓRIO ANUAL DA A.I.

O relatório anual da Amnistia Internacional conclui que o mundo de hoje está mais perigoso que no auge da guerra fria. Quantas vezes o sr. Bush e o sr. Blair disseram que o mundo estava mais seguro depois da invasão do iraque?

Darfur, Afeganistão, Iraque são alguns dos pontos negros apontados pela organização.
Nem o chamado "mundo livre" se livra desta lista negra, em destaque estão as ameaças às liberdades individuais usando a luta contra o terrorismo como desculpa.

Mais uma vez Portugal não escapa às criticas da organização: Excessos das forças policiais, a falta de condenações por acusações de racismo são duas das principais nódoas apontadas ao nosso país.

O mais grave de tudo neste relatório são os números sobre a violência doméstica em Portugal. Segundo a edição de hoje do Jornal Público 86% das denúncias à APAV são sobre violência doméstica. Mais grave ainda, só em 2006 morreram cerca de 39 mulheres vítimas de violência doméstica.
Por fim, a A.I., congratula-se com o facto de o Código Penal já incluir como violência doméstica os maus tratos entre uniões de facto, casais homossexuais e ex-parceiros.

A ler também o Post de hoje no Querubim Peregrino sobre violência doméstica.

Links:

3 comentários:

Ludovicus Rex disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ludovicus Rex disse...

Urge denunciar... Pelos direitos de Todos. Por Um Mundo Melhor!

--
Um Abraço

avelaneiraflorida disse...

Os meus " besouros" fizeram uma apresentação muito bonita sobre este tema!!!
Vou publicá-la no site da escola...
Eles merecem que olhem para as reflexões que fizeram!!!!!

Pode ser que sejam ...OUVIDOS; LIDOS; SENTIDOS...