terça-feira, 17 de julho de 2007

REQUIEM POR UMA CIDADE


Acho que merecemos mesmo a porcaria de governantes que temos: Estamos sempre a dizer que são corruptos e que só lá estão para encher o bolso no entanto votamos sempre na mesma porcaria.

Não há democracia... A Sra Abstenção deveria ser a próxima Presidente da Câmara de Lisboa.



Quer eu queira quer não queira
Esta cidade
Há-de ser uma fronteira
E a verdade
Cada vez menos
Cada vez menos
Verdadeira

Quer eu queira
Quer não queira
No meio desta liberdade
Filhos da puta
Sem razão
E sem sentido
No meio da rua
Nua, crua e bruta
Eu luto sempre do outro lado da luta

A polícia já tem o meu nome
Minha foto está no ficheiro
Porque eu não me rendo
Porque eu não me vendo
Nem por ideais
Nem por dinheiro
E como eu sou e quero ser sempre assim
Um rio que corre sem princípio nem fim
O poder podre dos homens normais
Está a tentar dar cabo de mim
Cabo de mim

Xutos & Pontapés

Ai minha santinha porque me abandonaste?
.
«A democracia é um mecanismo que garante que nunca seremos governados melhor do que aquilo que merecemos»
George Bernard Shaw, dramaturgo irlandês (1856-1950)
.
Foto Telmo: Expresso Online
Foto Lisboa: Vasco Esteves

10 comentários:

Flash disse...

Realmente...

Politicos = Palhaços.

E agora prendam-me!!!

Abraço

Miguel disse...

Papagueno,

Acho que a Abstenção não é a culpada de tudo ...!

È como o pps que me mandaste ...
Reclamamos, reclamamos ...

Mas na altura certa ...
Falhamos sempre ...!

È claro que a classe politica portuguesa deixa muito a desejar ...!

Um abraço da M&M & Cª!

Ludovicus Rex disse...

Gostei de ver o CDS, ou PP, ou lá como se chama, varrido do mapa...
Um dia destes acabam...
É pena que que a maioria dos lisboetas não tenham votado.

Um Abraço

papagueno disse...

Olá Ludo
Junto com a queda do PSD, foi mesmo a única coisa positiva destas eleições. O que me preocupa mais é uma possível subida do PNR.

gasolina disse...

Cada vez menos alternativas politicas... sempre a dança das cadeiras.

Triste, triste.

Beijinho, fica bem.

3vairado disse...

E se as eleições abaixo de 50% de participação deixassem de ser vinculativas?
A que se deve a progressividade da abstenção?
Não será o caso de que afinal todos querem é apenas o "jogo"? Alguém viu alguma ideia (ou esboço, ou arremedo) de cidade ser apresentada, mesmo pelos mais "iluminados"?

avelaneiraflorida disse...

Até o mundo grego que inventou a DEMOCRACIA...

até ele a praticou de forma imperfeita!!!!!

O ser humano não aprende MESMO!!!!

Bjks, Papagueno!

Kalinka disse...

Realmente...
não sei como os habitantes de Lisboa ainda não sentiram nos seus bolsos e nas suas vidas do dia a dia, o prejuízo que este governo tem feito...é muito estranho!!!

E...toca a votar no mesmo...
Haja Paciência.
Assim, não sei onde vamos parar.

Papoila disse...

Papagueno
Ontem na TSF estive a ouvir uma entrevista ao Historiador Luís Trindade no âmbito do lançamento do álbum dele sobre as 1ª páginas da imprensa escrita no Sec. XX
Ficou-me marcada uma frase relativa ao período do PREC...

“ havia um Know-how revolucionário nas pessoas anónimas que agora faria todo o sentido”

Mesmo que esta frase por mim escrita fora do contexto do geral da entrevista, ficou-me a bater ....

Um saber intervir que parece estar esquecido no Povo Português.

Beijos
BF

Carla O. disse...

Essa música dos xutos foi o ponto alto da minha adolescência e, ainda hoje, quando as coisas andam mal - de tão absurdas -, quando o Poder usa e abusa do povo... é o que canto, entredentes, em jeito de catarse.