sexta-feira, 16 de novembro de 2007

ANTÓNIO ALEIXO

Les_Demoiselles_d'Avignon, Picasso

A arte em nós se revela
Sempre de forma diferente:
Cai no papel ou na tela
Conforme o artista sente

Embora os meus olhos sejam
Os mais pequenos do mundo,
O que importa é que eles sejam
O que os Homens são no fundo.

Julgando um dever cumprir,
Sem descer no meu critério,
- Digo verdades a rir
Aos que me mentem a sério!

António Aleixo nos 58 anos da sua morte

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

SIM, MEU AMIGO!

OS OLHOS SÃO O ESPELHO DA ALMA, diz o povo na sua grande sabedoria:
António Aleixo é um deles. Sabe do que fala melhor do que qualquer "DOUTOR"!!!!!

A tua selecção é soberba!
Imagino que não tenhas muito tempo para vir deixar os teus posts!!!! Mas quando aqui os deixas são ARTE e VIDA!!!!
"BRIGADOS"!!!!
BJKS

pinguim disse...

Quem diz que só é culto quem tem estudos, mente descaradamente e "bilateralmente".