domingo, 1 de junho de 2008

OITO ANOS


Como hoje é o nosso dia...

Por que você é flamengo
E meu pai botafogo?
O que significa
"impávido colosso"?

Por que os ossos doem
Enquanto a gente dorme?
Por que os dentes caem?
Por onde os filhos saem?

Por que os dedos murcham
Quando estou no banho?
Por que as ruas enchem
Quando está chovendo?

Quanto é mil trilhões
Vezes infinito?
Quem é Jesus Cristo?
Onde estão meus primos?

Well, well, well
Gabriel...
Well, Well, Well, Well...

Por que o fogo queima?
Por que a lua é branca?
Por que a terra roda?
Por que deitar agora?

Por que as cobras matam?
Por que o vidro embaça?
Por que você se pinta?
Por que o tempo passa?

Por que que a gente espirra?
Por que as unhas crescem?
Por que o sangue corre?
Por que que a gente morre?

Do que é feita a nuvem?
Do que é feita a neve?
Como é que se escreve
Re...vèi...llon

Letra: Paula Toller/Dunga
Voz: Adriana "Partimpim" Calcanhoto

3 comentários:

wind disse...

Espectacular esta música /letra com todas as questões de uma criança:)
Beijos

Maria disse...

Linda, não conhecia. Idade dos porquês. Ainda bem, não crescer! Beijinhos e um feliz dia da criança.

ANTONIO DELGADO disse...

tantos porquê que nunca terão resposta...

um abraço fraterno
António Delgado