sábado, 22 de setembro de 2007

GRACIAS A LA VIDA


Confesso que até há bem pouco tempo não conhecia esta canção. De repente comecei a ouvi-la em todo o lado e despertou-me a curiosidade. A gota de água foi quando a ouvi no cinema, decidi então que tinha que investigar. Foi assim que descobri a cantora Violeta Parra (1917-1967).
"Gracias a la Vida" é talvez a música mais famosa de Violeta, tem várias versões sendo as mais famosas a da grande Elis Regina e a de Mercedes Sousa.


Gracias a la Vida

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me dio dos luceros que, cuando los abro,
perfecto distingo lo negro del blanco,
y en el alto cielo su fondo estrellado
y en las multitudes el hombre que yo amo.

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me ha dado el oído que, en todo su ancho,
graba noche y día grillos y canarios;
martillos, turbinas, ladridos, chubascos,
y la voz tan tierna de mi bien amado.

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me ha dado el sonido y el abecedario,
con él las palabras que pienso y declaro:
madre, amigo, hermano, y luz alumbrando
la ruta del alma del que estoy amando.

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me ha dado la marcha de mis pies cansados;
con ellos anduve ciudades y charcos,
playas y desiertos, montañas y llanos,
y la casa tuya, tu calle y tu patio.

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me dio el corazón que agita su marco
cuando miro el fruto del cerebro humano;
cuando miro el bueno tan lejos del malo,
cuando miro el fondo de tus ojos claros.

Gracias a la vida que me ha dado tanto.
Me ha dado la risa y me ha dado el llanto.
Así yo distingo dicha de quebranto,
los dos materiales que forman mi canto,
y el canto de ustedes que es el mismo canto
y el canto de todos, que es mi propio canto.

Gracias a la vida que me ha dado tanto.

Violeta Parra
Imagem: Tiago Barata Olhares

11 comentários:

RIC disse...

... E ainda a versão da Joan Baez, que terá sido a que mais divulgou esta belíssima melodia.
Sem chauvinismos, continuo a preferir a da grande Elis!
Abraço!

wind disse...

Como escreveu Ric a Joan Baez divulgou-a e há mais versões, todas elas lindas:)
beijos

CORCUNDA disse...

Como mencionaram atrás, falta uma muito famosa, a de Joan Baez, que tenho cá por casa. Mas como em praticamente tudo na vida, o original é quase sempre melhor.
Abraço do Corcunda.

avelaneiraflorida disse...

Amigo Papagueno,

Tenho no YT a versão da Violeta Parra e a Mercedes Sousa.
Adoro a primeira...embora não desmereça a segunda!

Mas a primeira é um ícone!!!
Bjks

Gi disse...

Não conhecia. Gostei de ouvir, muito agradável mesmo.

beijinho. Bom fim de semana

A. Jorge disse...

Também não conhecia. Tão pouco a versão Joan Baez!
É realmente muito bonita.

Abraço

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

papagueno disse...

Olá meus amigos, obrigado pelos vossos comentários e pela dica sobre a joan Baez. Já tinha ouvido falar da versão da Joan Baez mas confesso que ainda não a vi, vou ter que a procurar o que não será dificil.
Um abraço a todos.

vareira disse...

Esta música é simplesmente fantástica.Já a conhecia(acho que dos tempos loucos do liceu!!!)e engraçado que já não a ouvia há "n"!
Eu também canto(com voz de cana rachada!!!)"Gracias à la vida que me ha dado tanto"

Papoila disse...

á conhecia a música mas é sempre bom voltar a ouvir especialmente se for num bairro de liberdade como este teu.

Jinhos
BF

pinguim disse...

É uma música que nos empolga, em qualquer versão que se oiça. Pessoalmente, as versões que mais gosto são as de Mercedes Soza e de Joan Baez, mas a voz de Violeta Parra é muito boa e tem outras canções muito boas.

Fragmentos Culturais disse...

É uma das mais bela canções!
Oiço-a sempre com veneração!