sexta-feira, 8 de agosto de 2008

A ORIGEM DA VIA LÁCTEA

A Origem da Via Láctea, 1575
Jacopo Tintoretto (1518 - 1594)

Zeus, que adorava enganar e seduzir as jovens mortais, perdeu-se um dia de desejo pela jovem Alcmena. Para a enganar, tomou a forma de anfitrião, o seu marido que andava na guerra. Da união de ambos nasceu Hércules.

Para tornar o seu filho imortal, pediu a Hermes, que o levasse ao seio de Hera, a sua ciumenta esposa, para o amamentar enquanto ela dormia.
A criança sugou com tanta força que, mesmo depois de terminar, o leite continuou a jorrar para o céu formando a via láctea.

14 comentários:

pinguim disse...

Não conhecia a lenda; a tela de Tintoretto é magnifica.

tulipa disse...

AMIGO

sempre a aprender contigo...

Sabe o que vai acontecer hoje, dia 08.08.08

Venha espreitar, pode ser que lhe interesse algum destes programas.

Quer ver um programa cultural que fiz sábado passado:
GEO-CIRCUITO.

Bom fim de semana.
Aproveite o sol que 2ª feira já há previsão de "chuva".

Beijos e abraços.

wind disse...

São deliciosas estas histórias da mitologia:)
Beijos

Mandillo disse...

Lenda mitológica, maravilhosa; sempre que olho para o céu estrelado, lembro-me dela.

A pintura, magnifica!!!
Tintoretto!!!!

Beijos

lady.bug disse...

viv� Hermes, cumpridor!

BB

Papoila disse...

Não conhecia a lenda....
Já aprendi algo novo por aqui hoje.

Um beijo de bom fim de semana
BF

Ludo Rex disse...

A mitologia e a explicação dos elementos... Abraço e Bom Fim de Semana

Sophiamar disse...

É sempre bom saber porque este não ocupa lugar.
Bem hajas!
Continuo de férias, pouco ligada à net, mas venho desejar-te um bom fim de semana. Do meu mar e da minha serra envio-te beijinhos e um abraço amigo.

RESSACA ® disse...

Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Marreta disse...

Sabes, por acaso, onde é que se encontra esta obra-prima exposta? Só por curiosidade. É que tenho ideia de já ter passado por ela.
Saudações do Marreta.

P.S. (salvo seja): Gostei do destaque literário do Kerouac "On the Road". É um dos meus livres de sempre. O que eu gostava de me "perder" pela route 66!

papagueno disse...

Meu caro Marreta, Não me lembro se este quadro passou pela exposição do Tintoretto no Museu do Prado no ano passado. Sei que podes encontrá-la exposta na National Gallery em Londres.
Um abraço

Marreta disse...

Então estou a fazer confusão. Julgava que já tinha passado por ele no Prado, em Madrid.
Saudações do Marreta.

pin gente disse...

hoje vingo-me nos comentários!
era este o primeiro post quando aqui estive e o teu blog (que eu acho não gosta de mim) não me deixou comentar.

não conhecia esta lenda, obrigada.
tem o seu quê de belo...

um abraço
luísa


ps - mete lá uma cunha para eu não ser rejeita de novo. lido mal com a rejeição, fico entristecida.

papagueno disse...

Pin Gente: Porque é que não conseguiste comentar? Já agora se mais alguém teve esse problema apite por favor.
Bjs