domingo, 3 de agosto de 2008

LA DIVINA REGRESSA...

Callas, no camarim do Teatro São Carlos


A diva está de volta a Lisboa com uma exposição comemorativa dos cinquenta anos da apresentação da "Traviata" no São Carlos.

A mostra é composta por documentos vários, fotografias, jóias e vestuário. Entre os documentos destacam-se cartas dirigidas a Onassis, Pasolini e ao coreógrafo Maurice Bejart. Dos variados vestidos e jóias, o traje usado por Callas na "Tosca", encenada por Zeffirelli, é aquele que chama mais a atenção, assim como a coroa de Norma, criada por Christian Dior, para a produção de 1965 na Ópera de Paris.

A exposição compreende ainda um núcleo dedicado à produção da ópera "La Traviata", protagonizada por Maria Callas, em 1958, no São Carlos. O cenário do Acto II é mostrado ao público pela primeira vez, para além de fotografias inéditas, recortes de Imprensa, o programa de sala autografado pela cantora e alguma da correspondência trocada entre Ansaloni, o agente milanês da Callas, e José de Figueiredo, director do São Carlos, responsável pela vinda de Maria Callas a Lisboa.

Mais informações em: Callas Lisboa

6 comentários:

pinguim disse...

Tenho andado a adiar a visita a esta exposição, que é mesmo imperdível.
A ver se é esta semana que vou ver.
Abraço.

Marreta disse...

Boa sugestão para os amantes de ópera e não só.
Saudações operárias do Marreta.

wind disse...

Boa sugestão para recordar a divina Callas.
Beijos

Mandillo disse...

Boa sugestão, não perderei....
Quanto, ao livro em destaque...Li-o quando tinha 17 anos, chegou agora, o tempo de o voltar a ler...Lembro-me , grande lições!!!

Vap disse...

"E, porque não, Callas"?
Sempre será um bom roteiro de férias! Boas Férias!

Ludo Rex disse...

Boa dica. Um abraço e Boa Semana