terça-feira, 18 de dezembro de 2007

SONETO DE VINÍCIUS DEDICADO A NERUDA



Quantos caminhos não fizemos juntos
Neruda, meu irmão, meu companheiro...
Mas este encontro súbito, entre muitos
Não foi ele o mais belo e verdadeiro?

Canto maior, canto menor - dois cantos
Fazem-se agora ouvir sob o cruzeiro
E em seu recesso as cóleras e os prantos
Do homem chileno e do homem brasileiro

E o seu amor - o amor que hoje encontramos...
Por isso, ao se tocarem nossos ramos
Celebro-te ainda além, cantor geral

Porque como eu, bicho pesado, voas
Mas mais alto e melhor do céu entoas
Teu furioso canto material!

Vinícius de Moraes

11 comentários:

A. Jorge disse...

Excelente soneto (como o Vinicius nos habituou) dedicado ao Neruda que bem o merece.

Um abraço

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

Miguel disse...

Bela dupla ...!

Tenho uma oferta de Natal para ti que vais gostar basta passares n´A Minha Matilde & Cª ...!
Fico á tua espera ...!

Um abraço da M&M & Cª!

Maria Faia disse...

Estimado Amigo , tenho andado arredada do convívio com os amigos da blogosfera, por razões estritamente pessoais e profissionais. O Mês de Dezembro é sempre terrível para mim e, este ano, não é axcepção.
No entanto, penso que em Janeiro, tudo possa voltar à normalidade.
Por ora deixo-te um beijo amigo e a promessa de voltar.

ANTONIO DELGADO disse...

Dois excelentes poetas, apesar de gostar mais do Pablo...
Um abraço
Antonio

pinguim disse...

Excelente "convivência" de dois génios da literaura sul americana.
Abraço.

Fátima disse...

Amigo,

Dois grandes valores! Adoro ambos!
Parabéns pela escolha!

:-) Beijo

Sniqper ® disse...

Um dupla de peso que tantas e tantas verdades nos deixa para reflexão.

wind disse...

Brilhante!
Cada vez mais este Bairro está melhor:)
Beijos

Mário Margaride disse...

Amigo papagueno,

Ausente, mas nunca esquecendo os amigos.
Um excelente soneto! Dedicado a Neruda.

Um excelente Natal meu amigo!

Um abraço!

Alma Nova disse...

Duas almas imortais...na poesia e na Vida!

avelaneiraflorida disse...

Que belíssima dupla!!!!

O gosto pelos poetas do sentir continua a imperar por aqui...
Ainda bem,amigo!!!!
Bjkas!!!!!