sábado, 15 de dezembro de 2007

LEMBRA-ME UM SONHO LINDO

René Magritte - A Condição Humana



Lembra-me um sonho lindo
quase acabado,
lembra-me um céu aberto
outro fechado

Estala-me a veia em sangue
estrangulada,
estoira num peito um grito,
à desfilada

Canta rouxinol canta
não me dês penas,
cresce girassol cresce
entre açucenas

Afoga-me o corpo todo
se te pertenço,
rasga-me o vento ardendo
em fumos de incenso

Lembra-me um sonho lindo
quase acabado,
lembra-me um céu aberto
outro fechado

Estala-me a veia em sangue
estrangulada,
estoira num peito um grito,
à desfilada

Ai como eu te quero,
ai de madrugada,
ai alma da terra,
ai linda, assim deitada

Ai como eu te amo,
ai tão sossegada,
ai beijo-te o corpo,
ai seara, tão desejada

Fausto
"Por Este Rio Acima", 1984

6 comentários:

avelaneiraflorida disse...

O "meu" Fausto...num dos seus albuns mais bonitos!!!!

Pronto...lá vou eu ao baú!!!!
Bjkas, amigo!!!!

rato do campo disse...

Este homem tem uma voz... Abraço!

pinguim disse...

Fausto e Magritte, associações perfeitas que tu arranjas.
Abraço.

O Guardião disse...

Vale sempre a pena ouvir de novo. Música boa para ouvir a qualquer hora, mas que eu guardo para a noite.
Cumps

wind disse...

Belo post! Parabéns;)
Beijos

Marreta disse...

Grande escolha! Provavelmente o melhor disco alguma vez feito em Portugal.
Saudações do Marreta.