quinta-feira, 18 de outubro de 2007

POBREZA ZERO




Ontem, dia 17 de Outubro foi o Dia Internacional de Luta Contra a Pobreza.
Em Portugal existem cerca de DOIS MILHÕES de pessoas no limiar da pobreza. O nosso país tem um dos mais baixos salários minimos da Europa. O desemprego vai aumentando cada vez mais e o emprego precário é cada vez mais a realidade que espera os nossos jovens. Enquanto isso alguns senhores vão fazendo grandes fortunas.
Portugal é já o país da UE onde o fosso entre ricos e pobres é maior.

Entretanto o Sr. Ministro das Finanças aparece todo contente para dizer que vai aumentar o poder de compra dos funcionários públicos. Ora eu gostaria de saber como é que cresce o poder de compra de alguém com aumentos de 2.1%.



Ainda hoje, no Parque das Nações deve sair um acordo para um novo Tratado Europeu. este tratado não deverá ser muito diferente daquele que foi referendado e recusado em vários países. Para evitar a humilhação de um Não também em Portugal decidiram suspender o referendo em Portugal. Liderados por sócrates e pelo Cherne fora de prazo, os líderes europeus, vão conseguir dar a volta à Polónia e à Italia e aprovar um novo texto à revelia dos cidadãos europeus. Saia o que sair daqui os portugueses estão sempre "fritos".




Em mais de 30 anos de democracia já tivemos sucessivos governos do PS e do PSD e a situação está como está. Estaremos nós condenados a escolher entre Sócrates e Menezes? Pobre portugal...

Entretanto os portugueses continuam anestesiados com os mesmos remédios de sempre: O futebol com Scolari, seleção e Mourinho; e claro, Fátima, onde se gastaram rios de dinheiro numa igreja faraónica. Em vez da habitual ostentação não poderia a Igreja Católica gastar este dinheiro no bem estar das populações? Acho que seria muito mais católico.

Não há nada melhor na blogosfera do que fazer amigos. esta amiga já me acompanha à muito tempo e veio desse belo país da América latina, pátria do imortal Neruda, para me oferecer mais um prémio visitante. Obrigado Freyja pelo prémio. O tempo é pouco e não te visito com a frequência que eu gostaria mas continuo a gostar de passar pelos teus cantinhos para ler as tuas palavras.
Besitos

4 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Belo POST, Papagueno !!!!

Nunca é demais mais uma voz a dar voz a quem a não tem!!!!

BOM TRABALHO!!!! Gostamos de te rever por aqui...
Bjks

wind disse...

Um bom post de intervenção e crítica.
Concordo em tudo o que escreveste e não vejo saída, pois há muito tempo que as disparidades são cada vez maiores.
Mudando de assunto, parabéns pelo prémio:)
Beijos

pinguim disse...

Parabéns pelo prémio em primeiro lugar, amigo Papagueno.
Quanto à situação política portuguesa, ela é má, estou de acordo, e as possibilidades de escolha dos dirigentes dos dois maiores partidos, pode não ser famoso; mas onde estão as alternativas, quer à esquerda, quer à direita?
O que faz falta no nosso país é o aparecimento de políticos a sério, como Soares, Cunhal ou Sá Carneiro, que, quer se gostasse ou não "cheiravam" a política por todos os poros.
Ditadores, NUNCA MAIS, mas também não utopias, que podem enriquecer um parlamento, mas que nunca terão viabilidade prática nos dias de hoje.
Estaremos então condenados ao que temos?
Com a descrença crescente do povo na política e nos políticos actuais, estou em crer, que infelizmente, estamos...
Abraço.adtst

Freyja disse...

tocas el tema de la pobreza, un tema que todos los que gobiernan prometen bajar el indice
no me habria imaginado que Portugal tuviera tanta pobreza para ser un pais que esta en Europa
aca el indice es muy alto, ya que America Latina todavia no crece mucho
este mundo todavia no lucha por la pobreza y por los que la viven
el premio te lo mereces eres un lindo amigo que siempre esta luchando por un mundo mejor y tu blog lo demuestra siempre
que estes muy bien, muchos cariños
besitos


besos y sueños