sábado, 2 de fevereiro de 2008

PAÇO DE SINTRA ENTREGUE À BICHARADA

Não, ainda não foi privatizado, trata-se apenas de uma exposição do fotógrafo francês Thierry Des Ouches.


O fotógrafo francês Thierry des Ouches traz a Sintra uma exposição composta por 52 fotografias, em tamanho gigante, de animais de quinta. Promovida pela Câmara de Sintra, esta mostra está patente de 1 de Fevereiro a 31 de Março, no Largo do Palácio da Vila.


Com o seu inigualável talento, Thierry des Ouches captou imagens de mais de 150 espécies no seu habitat natural, e estes extraordinários retratos, bem como, a sensação de um encontro “frente-a-frente”, fazem-nos sentir toda a candura e frescura dos animais da quinta.
Vista por milhares de pessoas, a exposição já passou pelas mais famosas artérias de algumas das grandes cidades francesas, como Paris, Rouen, Dijon e Lyon.

Texto: Câmara Municipal de Sintra





Fotos: Les Animaux de la Ferme

13 comentários:

wind disse...

Tanto as fotos do site dele como estas são lindas:)
Beijos

Gi disse...

Quero ver se não falho. Tem fotos magníficas e ver "in locco" trabalhos com esta qualidade , tão perto, é coisa rara.

Beijinhos e obrigada pela lembrança.

Bom fim de semnana, beijinhos

Kalinka disse...

Olá Amigo, como vai essa convalescença? Espero que bem.
Como podes reparar, só mesmo aos fins de semana consigo vir comentar e ler-te.
Esta exposição é linda, adorei algumas das fotografias, a das galinhas está o máximo, tomara eu poder ir vê-la ao vivo, em Sintra!

Convido-te a vires ler sobre a minha terra:...Aproximei-me do stand de Moçambique, não conhecendo ninguém embora estivesse imensa gente, a minha atenção foi dirigida para a parte musical, vi estes «batuqueiros» dando música ao povo e ali fiquei impregnada dos sons da minha terra.
A música jovem de Moçambique contém vários estilos musicais, dentre os quais Marrabenta, Hip-Hop, Passada, R&B e Dzukuta.
Há uma que me acompanha sempre: Orchestre Marrabenta - Elisa Gomara Saia
Na origem, a marrabenta é tocada em acústica por um cantor masculino acompanhado por um coro de mulheres. Hoje em dia instrumentos modernos foram introduzidos. Ao longo dos anos, a marrabenta tornou-se um símbolo cultural nacional e uma referência identitária forte.

Bom fim de semana prolongado, de Carnaval.
Beijos.

ANTONIO DELGADO disse...

Irei tentar ver aguçou-me o apetite. Além de amador da fotografia adoro particularmente a as fotografias de animais que não tenta ser decorativas como estas que apresenta.

Um abraço fraterno
António Delgado

ContorNUS disse...

Excelente sugestão!!!

Obrigada pela partilha

Alma Nova disse...

As fotos estão de um realismo tal que nos colocam em "confronto" directo com a beleza da natureza.

António de Ramalho Rijo disse...

http://malhorijo.blogspot.com/

gasolina disse...

AS fotos são incríveis!

Mas confesso que a do porco é a que mais me impressiona!

Beijinhos

Maria disse...

Muito bonito, pelas imagens, pelo formato, pelo sentido. Vontade de ver, irei ao site procurá-lo um pouco mais. Um beijo.

avelaneiraflorida disse...

Amigo Papagueno, acho que voltei!

e logo ao chegar...algo sempre tão interessante encontro!
"Brigados", pela dica! Não poderei ver a Exposição " au naturel", mas vale a colecção de imaganes que aqui deixas!!!!
Bjkas!

Miguel disse...

Excelentes trabalhos ...

Mas acho mesmo que estamos entregues aos bichos em determinadas situações ...!

Um Bom FDS Carnavalesco ...!
Um abraço da M&M & Cª!

Ludo Rex disse...

Belas fotos... Um abraço e Bom Carnaval

pinguim disse...

Interessante exposição num sítio apropriado; é pena a chuva...