terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

O ENTRUDO CHOCALHEIRO

Entre o sagrado e o profano, o verdadeiro carnaval tradicional é em Trás-os-Montes.
Os caretos e as matrafonas são endiabrados mas pelo menos aqui não há gatos metidos ao barulho.

Os caretos são jovens da terra vestidos de cores vivas, com chocalhos à cintura e máscaras de latão. estas figuras percorrem a aldeia e ninguém está a salvo das suas tropelias. As moças são são as suas principais vítimas, quando apanhadas são devidamente "chocalhadas". O chocalhar consiste numa espécie de dança que faz os chocalhos bater nas ancas das meninas.


O Carnaval em Podence



Entrudo

Ó entrudo Ó entrudo
Ó entrudo chocalheiro
Que não deixas assentar
as mocinhas ao solheiro

Eu quero ir para o monte
Eu quero ir para o monte
Que no monte é qu'eu estou bem
Que no monte é qu'eu estou bem

Eu quero ir para o monte
Eu quero ir para o monte
Onde não veja ninguém
Que no monte é qu'eu estou bem

Estas casa são caiadas
Estas casa são caiadas
Quem seria a caiadeira
Quem seria a caiadeira

Foi o noivo mais a noiva
Foi o noivo mais a noiva
Com um ramo de laranjeira
Quem seria a caiadeira

José Afonso

10 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Ah! aqui sim, a palavra "entrudo" reencontra as suas raízes chãs, irmanadas na natureza e nos ritos do quotidiano!

Excelente post, meu Amigo!!!!
E com Zeca ...na sua vertente profundamente popular
BRIGADOS!!!!!
BJKAS, Amigo Papagueno!

Ludo Rex disse...

Tradição é Cultura, é Povo...

O Guardião disse...

A tradição genuina é a beleza de alguns carnavais mais interessantes que ainda subsistem neste país.
Cumps

Papoila disse...

Pois por isso eu gosto do entrudo e detesto carnaval... Coisas diferentes no sentido tradicional.

Beijinhos
BF

Sniqper ® disse...

Uma tradição que ainda não se perdeu, porque será?
Talvez, quem sabe, pela sua pouca carga emocional. Funciona como um simples on/off das nossas preocupações, faz falta neste mundo cheio de confusão.

pinguim disse...

Também prefiro o vocábulo "Entrudo", do que o generalizado Carnaval; e este nada me diz, a não ser o sofisticado ambiente de Veneza.
Já o Entrudo tradicional das regiões transmontanas é genuíno e puro.
Abraço.

wind disse...

Uma tradição cultural a de Trás-os-Montes.
A música do Zeca é amúsica do Zeca:)
Beijos

Marreta disse...

Este sim, é o Carnaval que eu gosto. À portuguesa e sem samba.
Saudações do Marreta.

ANTONIO DELGADO disse...

O Zeca é sempre bem recordado seja em que circunstancia for...

Um abraço
António

gasolina disse...

Estes caretos ou também conhecidos como máscaros celebram o paganis,o que antecede a Primavera.

As máscaras são todas feitas à mão e de uma beleza grotesca.

Já tive oportunidade de assistir in loco a esta celebração e é terrível no minimo! O barulho chega a arrepiar!

Óptimo apontamento!

Beijos