sábado, 11 de outubro de 2008

HISTÓRIA

Historia, 1892
Nikolaus Gysis (1842-1901)


D. Pedro, Regente de Portugal

Claro em pensar, e claro no sentir,
É claro no querer;
Indiferente ao que há em conseguir
Que seja só obter;
Dúplice dono, sem me dividir,
De dever e de ser —


Não me podia a Sorte dar guarida
Por não ser eu dos seus.
Assim vivi, assim morri, a vida,
Calmo sob mudos céus,
Fiel à palavra dada e à idéia tida.
Tudo o mais é com Deus!

Fernando Pessoa
"Mensagem"

"O Príncipe das Sete Partidas" foi umas das mais cultas e esclarecidas pessoas do seu tempo. Tornou-se regente de portugal após a morte do seu irmão D. Duarte. Quando D. Afonso V subiu ao trono, D. Pedro foi vítima de várias intrigas palacianas que o levaram a entrar em confronto com o jovem monarca. Os dois defrontam-se a 20 de Maio de 1449 na Batalha da Alfarrobeira onde D. Pedro perde a vida.

Meu caro amigo Guardião, arquitecturas e "inginharias" não fazem os meus gostos, a minha devoção tende mais para as Ciências Sociais.

Mandillo, acho que por este post dá para adivinhar qual o curso que escolhi. Desde muito jovem que tenho a paixão da História e o período da Dinastia de Avis é dos que mais me encantam.

3 comentários:

wind disse...

É bom saber que agora nos vais mostrando poemas que tenham a ver com a história:)
Beijos

pinguim disse...

A História, que bela é a História...
Abraço.

Maria disse...

Parece-me uma área simpática... :o)