terça-feira, 2 de setembro de 2008

EL FUSILADO

Zapata, 1931
Diego Rivera (1886-1957)

Listen close to this crooked mouth
For my story I will tell–o
Lived in Mexico by the name of Wenseslao Moguel–o
Left my home in Santiago
The heart of the city of Merida
Served with my brothers and sisters all
For the army of Pancho Villa

Stand me straight against the nearest wall
Line up your bravest soldiers oh
Ten good shots I’ll take them all
They call me El Fusilado

The Federales captured me
Bound up my arms with wire
Officer comes he says “Take your aim –
Steady your guns and fire!”
Bullet holes all across my chest
Ripped up my shirt and my body–o
Heart beat on through the silenced guns
To the rhythm of life inside me–o

Stand me straight against the nearest wall
Line up your bravest soldiers oh
Ten good shots I’ll take them all
They call me El Fusilado

Fell to the ground the officer came
One last shot to the head­–o
Heard through the pain as he walked away
And left me there for dead–o
All went quiet so I crawled away
I wasn’t giving up to the glory
Ten good shots I took them all
And lived to tell my story

Stand me straight against the nearest wall
Line up your bravest soldiers oh
Ten good shots I’ll take them all
They call me El Fusilado.

Chumbawamba
"The Boy Bands Have Won", 2008

A música conta a história real de Wenceslau Moguel, um revolucionário que lutou ao lado das forças de Pancho Villa. No dia 18 de Março de 1915, foi capturado pelos "federales" e sumáriamente fusilado. Depois de trespassado por várias balas, ainda sobreviveu ao tiro de misericórdia do capitão. Foi dado como morto e abandonado. Viveu o resto dos seus dias percorrendo os Estados Unidos contando a sua história.

5 comentários:

wind disse...

Gostei muito da música.
Desconhecia a história desse senhor.
Beijos

pinguim disse...

Bela música, bela história e maravilhosa foto.
Abraço.

Vira Vento disse...

"Acho que é melhor separarmo-nos e eu ir tocar minha música noutro lugar com todos os meus preconceitos burgueses de fidelidade."

Frida Kahlo,
que é bom não esquecer que traiu seu Pánzon com Trotski!

Sinto-me bem aqui.

ANTONIO DELGADO disse...

Há histórias que nem parecem verdade. Maravilhosa musica.

Umabraço fraterno.

ematejoca disse...

Gostei imenso desta música... e eu que digo que só gosto de música clássica.

Quanto à traicao da Frida Kahlo é uma história muito complicada. Foi tudo uma conspiracao para ela ganhar a confianca do Trotski. Ambos traíram o Trotski e sao culpados do seu assassinato. Do que acabei aqui de esctrever nao tenho provas, li na biografia dela.

Saudacoes de Düsseldorf também com traicoes políticas... Steinmeier ~ Beck ~ Müntefering!