quinta-feira, 21 de maio de 2009

UM DIA TRISTE PARA QUEM GOSTA DE CINEMA

João Bénard da Costa
7 de Fevereiro de 1935 - 21 de Maio de 2009




João Bénard da Costa morreu hoje, aos 74 anos. Divulgador de cinema, director da Cinemateca Portuguesa desde 1991, Bénard da Costa nasceu a 7 de Fevereiro de 1935.

A Cinemateca Portuguesa anunciou em comunicado que o corpo do seu director, João Bénard da Costa, estará na Igreja de S. Sebastião da Pedreira, em Lisboa, ao final da tarde de hoje. Numa última homenagem ao cinéfilo que dirigiu a instituição desde 1991 (e que era membro da direcção desde 1980), a Cinemateca – que suspende hoje as suas sessões – vai projectar, em data e hora a anunciar, o filme da vida de Bénard: Johnny Guitar, de Nicholas Ray. Num inquérito de jornal em que lhe pediam para dizer qual o seu filme preferido, Bénard respondia: Johnny Guitar, de Nicholas Ray; porque era ele; porque era eu”.

Notícia: Público

Uma cena de "Johnny Guitar" em Cinema Paraíso

4 comentários:

pinguim disse...

Parece que estamos de acordo, não achas?
Abraço.

wind disse...

Uma perda lamentável.
Beijos

Papoila disse...

Um Grande Homem...
Perdeu o Cinema e nós.

Um Beijo

BF

Maria Romeiras disse...

Félix Ribeiro, Luis de Pina, Bénard da Costa. Três gigantes à frente da Cinemateca. Três pessoas empenhadas e trabalhadoras, persistentes, lutando pela divulgação e democratização da produção e divulgação da Sétima Arte. Não elogiamos suficientemente os portugueses que são importantes para o crescimento da nossa cultura.

Lembro-me de Bénard da Costa por lá, dos seus comentários, de conversas ocasionais pelos corredores da Cinemateca, da sua urgência em ter feed-back do seu trabalho e de o melhorar sempre na direcção do público.

São peças fundamentais, as pessoas que ensinam a sonhar.